Home / PERGUNTAS FREQUENTES / MANUSEIOS / INSTRUÇÃO DE TRABALHO COM LAMINADO VEGETAL

INSTRUÇÃO DE TRABALHO COM LAMINADO VEGETAL


CORTE DAS PEÇAS:
O processo de corte é idêntico ao do couro ou material sintético. O corte pode ser manual, por meio de balancim ou de máquina automática com corte por faca.

PREPARAÇÃO PARA O PESPONTO/COSTURA: As peças podem ser dobradas e coladas. Não chanfrar as peças. A dublagem com uma entretela de não tecido proporcionará uma melhor conformação à forma no caso de calçados.

PESPONTO/COSTURA: Ao pespontar/costurar, nota-se que o laminado vegetal proporciona grande atrito com a linha, podendo ocorrer falhas nos pontos da costura ou rompimento da linha. Caso isto ocorra, sugere-se colocar uma pequena esponja embebida em óleo mineral no percurso da linha. Recomenda-se também utilizar agulhas de ponta PCR ou PCL, com não mais de quatro pontos por cm.

ACABAMENTO E EXPEDIÇÃO: Os produtos elaborados com o laminado vegetal apresentam melhor aspecto e conservação quando aplicada uma fina camada de pasta ou graxa para calçados, ou ainda um creme ou cera específica para produtos de couro. Este cuidado proporcionará um melhor acabamento do produto e o manterá com excelente aspecto por mais tempo.

PROCESSO DE COLAGEM :

Quando o laminado vegetal for colado a outros materiais como solados, por exemplo, aconselha-se remover a camada de látex, expondo a base de tecido. Esta operação pode ser realizada com lixa de grão não muito fina (em torno de 50) ou escova de aço sem utilizar muita pressão para não rasgar o tecido. Sobre esta base tecida, aplicar adesivo de policloropreno ou poliuretano, seguindo as recomendações do fabricante da cola. Caso o laminado vegetal seja colado diretamente sobre outro pedaço de laminado vegetal, com a intenção de prepará-lo para posterior costura, aconselhamos passar um pano limpo embebido em solvente orgânico (diluente) nas superfícies, deixar secar alguns minutos e aplicar adesivo de policloropreno, seguindo as orientações do fabricante de cola.

PROCESSO DE APLICAÇÕES  DE METAIS TRATADOS ADEQUADAMENTE PARA OS PRODUTOS PRODUZIDOS EM LAMINADO VEGETAL

Sempre que forem utilizadas peças de metal (ENFEITES, ZÍPER, FIVELAS, ILHOSES E REBITES) nos produtos confeccionados com laminado vegetal é recomendado que estas peças recebam um revestimento não poroso de verniz de Poliuretano ou de Epóxi. OU SEJA,TODOS OS METAIS DEVERÃO POSSUIR OS DEVIDOS TRATAMENTOS CITADOS NESTE PROCEDIMENTO. Desta forma, o metal fica isolado e não ocorrerá um possível manchamento do laminado vegetal, principalmente nos produtos translúcidos e nos de cores claras.

Este tipo de acabamento nos metais é bem comum e utilizado há muito tempo no setor de calçados, bolsas e artefatos. Seguindo  este critério, dificilmente ocorrerão manchamentos provocados por metais nos produtos fabricados em laminado vegetal.

Qualquer dificuldade, por favor, nos contate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *